Anterior

ATENDIMENTO

Esclareça aqui as suas dúvidas sobre a FPS. Escolha uma forma de atendimento abaixo:

FAQ

Aqui você encontra as dúvidas mais frequentes sobre a FPS.

Fale conosco

Envie-nos uma mensagem e responderemos em breve.

Ouvidoria

Utilize esse canal para sugestões, reclamações ou elogios.*Os dados pessoais do usuário serão preservados.

FAQ

Informações sobre localização e telefones? É só acessar.

ACOMPANHE NOSSAS REDES

A Faculdade Pernambucana de Saúde utiliza a mesma metodologia adotada nas melhores universidades do mundo, o método de ensino ABP – aprendizagem baseada em problemas. Aprendizagem Baseada em Problemas: Uma abordagem inovadora na formação de profissionais de saúde. A Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) representa uma importante e ampla mudança no cenário educacional para formação de profissionais de nível superior, sobretudo em cursos na área da saúde.

Esta inovadora abordagem educacional foi desenvolvida inicialmente no Canadá (1969), sendo implementada em várias universidades e faculdades de ponta em todo o mundo. O método ABP enfatiza a aprendizagem ativa e significativa, baseando-se em 4 modernos princípios de aprendizagem: construtivo, colaborativo, contextual e autodirigido.

O estudante é considerado o centro do processo de aprendizagem. A partir da contextualização e resolução de problemas reais, os estudantes divididos em grupos tutorias de até 12 participantes, constroem ativamente o conhecimento de maneira colaborativa, compartilhando tarefas e responsabilidades, sob a supervisão de tutores. Deste modo, desde o início do curso, os estudantes vivenciam uma abordagem e ambiente educacional que propiciam o desenvolvimento de conhecimentos e habilidades profissionais, como liderança, senso crítico, comunicação, trabalho em equipe, raciocínio clínico, entre outros.

Em Pernambuco, a Faculdade Pernambucana de Saúde é pioneira na implementação do método ABP no currículo de seus programas e cursos de graduação e pós-graduação.

A Faculdade Pernambucana de Saúde utiliza a mesma metodologia adotada nas melhores universidades do mundo, o método de ensino ABP – aprendizagem baseada em problemas. Aprendizagem Baseada em Problemas: Uma abordagem inovadora na formação de profissionais de saúde. A Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) representa uma importante e ampla mudança no cenário educacional para formação de profissionais de nível superior, sobretudo em cursos na área da saúde.

Esta inovadora abordagem educacional foi desenvolvida inicialmente no Canadá (1969), sendo implementada em várias universidades e faculdades de ponta em todo o mundo. O método ABP enfatiza a aprendizagem ativa e significativa, baseando-se em 4 modernos princípios de aprendizagem: construtivo, colaborativo, contextual e autodirigido.

O estudante é considerado o centro do processo de aprendizagem. A partir da contextualização e resolução de problemas reais, os estudantes divididos em grupos tutorias de até 12 participantes, constroem ativamente o conhecimento de maneira colaborativa, compartilhando tarefas e responsabilidades, sob a supervisão de tutores. Deste modo, desde o início do curso, os estudantes vivenciam uma abordagem e ambiente educacional que propiciam o desenvolvimento de conhecimentos e habilidades profissionais, como liderança, senso crítico, comunicação, trabalho em equipe, raciocínio clínico, entre outros.

Em Pernambuco, a Faculdade Pernambucana de Saúde é pioneira na implementação do método ABP no currículo de seus programas e cursos de graduação e pós-graduação.

A Faculdade Pernambucana de Saúde utiliza a mesma metodologia adotada nas melhores universidades do mundo, o método de ensino ABP – aprendizagem baseada em problemas. Aprendizagem Baseada em Problemas: Uma abordagem inovadora na formação de profissionais de saúde. A Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) representa uma importante e ampla mudança no cenário educacional para formação de profissionais de nível superior, sobretudo em cursos na área da saúde.

Esta inovadora abordagem educacional foi desenvolvida inicialmente no Canadá (1969), sendo implementada em várias universidades e faculdades de ponta em todo o mundo. O método ABP enfatiza a aprendizagem ativa e significativa, baseando-se em 4 modernos princípios de aprendizagem: construtivo, colaborativo, contextual e autodirigido.

O estudante é considerado o centro do processo de aprendizagem. A partir da contextualização e resolução de problemas reais, os estudantes divididos em grupos tutorias de até 12 participantes, constroem ativamente o conhecimento de maneira colaborativa, compartilhando tarefas e responsabilidades, sob a supervisão de tutores. Deste modo, desde o início do curso, os estudantes vivenciam uma abordagem e ambiente educacional que propiciam o desenvolvimento de conhecimentos e habilidades profissionais, como liderança, senso crítico, comunicação, trabalho em equipe, raciocínio clínico, entre outros.

Em Pernambuco, a Faculdade Pernambucana de Saúde é pioneira na implementação do método ABP no currículo de seus programas e cursos de graduação e pós-graduação.

A Faculdade Pernambucana de Saúde utiliza a mesma metodologia adotada nas melhores universidades do mundo, o método de ensino ABP – aprendizagem baseada em problemas. Aprendizagem Baseada em Problemas: Uma abordagem inovadora na formação de profissionais de saúde. A Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) representa uma importante e ampla mudança no cenário educacional para formação de profissionais de nível superior, sobretudo em cursos na área da saúde.

Esta inovadora abordagem educacional foi desenvolvida inicialmente no Canadá (1969), sendo implementada em várias universidades e faculdades de ponta em todo o mundo. O método ABP enfatiza a aprendizagem ativa e significativa, baseando-se em 4 modernos princípios de aprendizagem: construtivo, colaborativo, contextual e autodirigido.

O estudante é considerado o centro do processo de aprendizagem. A partir da contextualização e resolução de problemas reais, os estudantes divididos em grupos tutorias de até 12 participantes, constroem ativamente o conhecimento de maneira colaborativa, compartilhando tarefas e responsabilidades, sob a supervisão de tutores. Deste modo, desde o início do curso, os estudantes vivenciam uma abordagem e ambiente educacional que propiciam o desenvolvimento de conhecimentos e habilidades profissionais, como liderança, senso crítico, comunicação, trabalho em equipe, raciocínio clínico, entre outros.

Em Pernambuco, a Faculdade Pernambucana de Saúde é pioneira na implementação do método ABP no currículo de seus programas e cursos de graduação e pós-graduação.

A Faculdade Pernambucana de Saúde utiliza a mesma metodologia adotada nas melhores universidades do mundo, o método de ensino ABP – aprendizagem baseada em problemas. Aprendizagem Baseada em Problemas: Uma abordagem inovadora na formação de profissionais de saúde. A Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) representa uma importante e ampla mudança no cenário educacional para formação de profissionais de nível superior, sobretudo em cursos na área da saúde.

Esta inovadora abordagem educacional foi desenvolvida inicialmente no Canadá (1969), sendo implementada em várias universidades e faculdades de ponta em todo o mundo. O método ABP enfatiza a aprendizagem ativa e significativa, baseando-se em 4 modernos princípios de aprendizagem: construtivo, colaborativo, contextual e autodirigido.

O estudante é considerado o centro do processo de aprendizagem. A partir da contextualização e resolução de problemas reais, os estudantes divididos em grupos tutorias de até 12 participantes, constroem ativamente o conhecimento de maneira colaborativa, compartilhando tarefas e responsabilidades, sob a supervisão de tutores. Deste modo, desde o início do curso, os estudantes vivenciam uma abordagem e ambiente educacional que propiciam o desenvolvimento de conhecimentos e habilidades profissionais, como liderança, senso crítico, comunicação, trabalho em equipe, raciocínio clínico, entre outros.

Em Pernambuco, a Faculdade Pernambucana de Saúde é pioneira na implementação do método ABP no currículo de seus programas e cursos de graduação e pós-graduação.

A Faculdade Pernambucana de Saúde utiliza a mesma metodologia adotada nas melhores universidades do mundo, o método de ensino ABP – aprendizagem baseada em problemas. Aprendizagem Baseada em Problemas: Uma abordagem inovadora na formação de profissionais de saúde. A Aprendizagem Baseada em Problemas (ABP) representa uma importante e ampla mudança no cenário educacional para formação de profissionais de nível superior, sobretudo em cursos na área da saúde.

Esta inovadora abordagem educacional foi desenvolvida inicialmente no Canadá (1969), sendo implementada em várias universidades e faculdades de ponta em todo o mundo. O método ABP enfatiza a aprendizagem ativa e significativa, baseando-se em 4 modernos princípios de aprendizagem: construtivo, colaborativo, contextual e autodirigido.

O estudante é considerado o centro do processo de aprendizagem. A partir da contextualização e resolução de problemas reais, os estudantes divididos em grupos tutorias de até 12 participantes, constroem ativamente o conhecimento de maneira colaborativa, compartilhando tarefas e responsabilidades, sob a supervisão de tutores. Deste modo, desde o início do curso, os estudantes vivenciam uma abordagem e ambiente educacional que propiciam o desenvolvimento de conhecimentos e habilidades profissionais, como liderança, senso crítico, comunicação, trabalho em equipe, raciocínio clínico, entre outros.

Em Pernambuco, a Faculdade Pernambucana de Saúde é pioneira na implementação do método ABP no currículo de seus programas e cursos de graduação e pós-graduação.

ATENDIMENTO PRESENCIAL

Avenida Mal. Mascarenhas de Morais, 4861, Imbiribeira, Recife-PE CEP 51.150-000

(81) 3035.7777 | (81) 3312.7777